segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

DIÁSPORA ENSEMBLE, grupo de Música Contemporânea com elementos do Jazz e música brasileira regido por Gustavo Brinholi se apresenta no Brasil

A nova música de concerto sob regência de Luiz Gustavo Brinholi, compositor, baixista e maestro brasileiro radicado em Munique, se apresentará em dia 16/01 no Sesc Sorocaba, sua cidade, e dia 17/01 no Sesc Pompéia, em São Paulo.




Gustavo Brinholi compositor, baixista e maestro, nasceu em Sorocaba, Brasil e desde 2009 vive em Munique, onde estudou Jazz Bass na Musikhochschule München e, em seguida tornou-se mestre em Composição sob a orientação  do Prof. Steffen Schorn em Nürenberg.

Como maestro estudou com Prof. Guido Rumstadt e Isaac Karabtchevsky.  Desde 2009, teve aulas de composição e masterclasses com Moritz Eggert, Pascal Duspain e Wolfagang Rihm. Na cena Jazz contemporâneo aparece como baixista e compositor, e como maestro conduziu a Marienbad Orquestra Sinfônica, Orquestra Sinfônica de Sorocaba, Wored Youth Orchestra e Armenian Young Orchestra.

DIÁSPORA é um Ensemble (conjunto) que surge com a intenção de divulgar a nova música de concerto que se faz no Brasil, assim como estabelecer diálogo com o repertório contemporâneo de outras nações. Evitando o recurso a teorias limitadoras ou rótulos excludentes, tais como “música séria” ou “ligeira”, é propósito do grupo conciliar elementos experimentais e tradicionais, subjetivos e estruturais.

Possuindo uma visão aberta da cultura brasileira, o grupo tem formação mutante e faz parcerias com artistas de outros países e também brasileiros radicados no exterior, procurando oferecer o signo Brasil como uma opção para intersecção multicultural na contemporaneidade.

O concerto de estreia do Ensemble DIÁSPORA foi em Munique, no dia 22 de setembro. Para esta première foram tocadas obras de Brinholi e Arnaldo Lobo, (membros fundadores do DIÁSPORA) e também de Alípio C. Neto, brasileiro radicado em Roma.

Em 2012, fez sua estreia como regente no Brasil em um concerto em Sorocaba. Em Outubro de 2013, Gustavo Brinholi regeu a peça de Armando Lobo na Bienal de Música Contemporânea do Rio de Janeiro e também no mesmo período regeu a Orquestra Sinfônica de Sorocaba apresentando ao público pela primeira vez a peça O Sete Teso, de sua autoria, inspirada no filósofo tcheco Vilém Flusser (1920-1991), primeira de uma série que Brinholi pretende compor em homenagem ao pensador tcheco.

Em Janeiro de 2014, o DIÁSPORA Ensemble uma apresentação no Sesc Sorocaba e outra no Sesc Pompéia em São Paulo. A regência de Luiz Gustavo Brinholi e no repertório peças de Armando Lobo, do próprio Brinholi, Felipe Lara (músico brasileiro em Nova Iorque)  e Daniel Moreira (músico brasileiro radicado em Stuttgart).


Diáspora Ensemble Sesc Sorocaba
Dia 16/01 - quinta-feira às 20h.
Teatro do Sesc Sorocaba - Rua Barão de Piratininga, 555 – Jd. Faculdade – Sorocaba – Tel: (15) 3332.9933
Ingressos:  R$ 2,40 (comerciários), R$ 6 (meia) e R$ 12 (inteira)

Diáspora Ensemble Sesc Pompéia
Dia 17/01, sexta-feira, às 21h
Teatro do Sesc Pompéia - Rua Clélia, 93 – Pompéia – Tel: 3871.7700
Ingressos: R$ 3,20 (comerciários), R$ 8 (meia) e R$ 16 (inteira)

Produção Executiva: Guria Arte & Cultura
Acompanhe a Guria Arte & Cultura nas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário