domingo, 22 de setembro de 2013

Fernando Cabrera, um dos mais importantes músicos do Uruguai, vem ao Brasil

Artista múltiplo representante único da região do Rio de la Plata, Cabrera expandiu as fronteiras entre Argentina e Uruguai ao criar uma comunhão poética e musical regional contemporânea em sua trajetória em trinta anos de carreira e vem ao Brasil para aproximar a cultura dos dois países.

Fernando Cabrera no estúdio gravando Viva La Patria 
A canção platina do século XXI é um fenômeno que derrubou fronteiras territoriais, musicais e de gerações, para dar uma identidade própria que supera qualquer gênero musical. Um de seus maiores representantes hoje é o músico uruguaio Fernando Cabrera, herdeiro da tradição poética e musical de Zitarrosa, Piazzolla e Spinetta, Cabrera tem forjado um estilo único e um universo personalíssimo que lhe coloca no mesmo patamar de suas principais influências e o tornou referência para a nova geração.
Dois anos depois de editar o premiado álbum Canciones Propias (2010), em que homenageia os grandes da canção uruguaia, e fiel a seu estilo inquieto, apresenta Intro, seu primeiro poemário, livro de poemas inéditos com um DVD reunindo quinze de suas melhores canções e uma homenagem a “Flaco” Spinetta. Com sua mistura de candombe, milonga e música popular internacional, Fernando Cabrera bebeu na fonte de nomes como Ruben Radá e Hugo Fattoruso, além de Beatles e música brasileira, em especial bossa nova e a geração posterior de Chico Buarque a Milton Nascimento. Seu trabalho, o recém lançado, Viva La Patria, Cabrera coloca em quinze faixas o que os críticos estão elogiando pela precisão poética absoluta forjada pela maturação de seus trinta anos de carreira e baseada em uma observação minuciosa do mundo a sua volta e suas inquietudes. A revista Rolling Stone, que em 2003 o elegeu como o Melhor Músico Popular” o Uruguai, lhe deu este mês a capa da revista colocando-o como “o farol de uma geração”.
Em turnê pela América Latina, Fernando Cabrera passa pelo Brasil para fazer duas apresentações; uma em São Paulo, dia 4/10 no Sesc Belenzinho e outra em Porto Alegre (6/10), e o lançamento do seu livro de poesias Mudança pelo projeto “Boca a Boca” (Grua Livros e Editorial Yaugurú), que tem como objetivo divulgar e publicar autores representativos no Uruguai e no Brasil, será lançado em edição bilíngue. 
Cabrera, que já excursionou pelo Brasil, sente que ainda não fez sua apresentação mais expressiva. Dessa vez sua vinda é embalada pelo sucesso do lançamento de Viva La Patria, além de contar com um repertório amplo de sucessos e clássicos de compositores uruguaios. É grande a expectativa de vê-lo tocar  “Viveza”, com a qual costuma hipnotizar a plateia ao usar uma caixinha de fósforos como instrumento de percussão. Ritmo tem de sobra para se agradar e cair no gosto do público brasileiro.

Fernando Cabrera lançamento do livro Mudança/ Mudanza na Casa das Rosas
Data: 3 de outubro – quinta-feira – às 19h
Local: Casa das Rosas
Endereço: Av. Paulista, 37, São Paulo

Fernando Cabrera no Sesc Belenzinho
Dias 04/10/2013. Sexta e sábado, às 21h.
Teatro (392 lugares – acesso para pessoas com deficiência).
Recomendado para maiores de 12 anos
Duração: 1h30.

Ingressos à venda pela rede INGRESSOSESC (unidades do Sesc):
R$ 25,00 (inteira); R$ 12,50 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700

Estacionamento
Para espetáculos com venda de ingressos:
R$ 6,00 (não matriculado);
R$ 3,00 (matriculado no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo / usuário).

Fernando Cabrera no Santander Cultural
Data: 6 de outubro – domingo – 18h
Local: Átrio do Santander Cultural
Endereço: Rua 7 de setembro, 1028, Porto Alegre

Produção Executiva São Paulo
Guria Arte & Cultura http://www.guria.art.br/

Acompanhe a Guria Arte & Cultura nas redes sociais:


Nenhum comentário:

Postar um comentário